Logo

Por favor, atribua um menu para 'Menu do Celular para AMP' em Aparência > Menus.

6 erros comuns ao preencher o formulário DS-160: Como evitá-los

Passaporte com visto americano em cima de uma bandeira dos Estados Unidos

Preencher o formulário DS-160 é uma das etapas mais importantes da solicitação do visto americano. Por isso, é necessário tomar cuidado para fugir de erros comuns que podem atrasar o seu processo.

A Netvistos é uma consultoria especializada no assunto, portanto, sabemos as principais dúvidas e falhas que surgem no procedimento. Neste texto, vamos te apresentar as 6 mais relevantes. Continue lendo abaixo caso queira aumentar as suas chances!

Quais são os 6 erros mais comuns ao preencher o formulário DS-160?

Os erros variam bastante, podendo ter relação com a forma de preenchimento e até com o uso de traduções erradas. Vamos ver mais de perto quais são e como evitá-los.

Página inicial do formulário DS-160

Nome no formulário não está igual ao documento

Às vezes, ao tentar preencher o questionário rapidamente, erros como esse podem aparecer. Muitos solicitantes acabam se esquecendo de verificar seus documentos de identidade ou pensam que podem abreviar a informação.

O seu nome precisa estar exatamente igual à forma que ele está escrito no RG e em outras documentações. Caso isso não aconteça, podem pensar que outra pessoa fez o preenchimento.

Por exemplo, se estiver redigido como Maria Souza Silva, não é possível apenas escrever Maria Silva ou Maria S. Silva.

O mesmo vale para dados de parentes, filhos e endereços. Não esqueça de conferir essas informações posteriormente, pois seu teclado pode pregar peças em você sem que perceba.

Informações não estão atualizadas

Como a entrevista do visto americano pode levar um tempo para acontecer, seus dados podem mudar antes disso acontecer. Trocar de emprego, por exemplo, é algo muito comum.

Assim, é sempre importante voltar a sua DS-160 e atualizar qualquer informação importante.

Caso seu propósito de viagem ou trabalho mude e você não realize a alteração, o agente consular pode pensar que você está tentando mentir.

Mentir no formulário DS-160

Aproveitando o assunto, mentir durante seu processo de solicitação do visto americano é um dos maiores erros que você pode cometer.

O consulado realiza uma pesquisa extensa, portanto, dificilmente não conseguem identificar quando um solicitante fala algo suspeito ou esconde um dado relevante. Assim, contar mentiras quase nunca funciona.

Além disso, esse ato “suja” o seu nome. Todos os cônsules podem verificar que esse foi o motivo de você ter falhado um procedimento anterior, fazendo com que eles sejam mais rigorosos.

Não salvar as informações enquanto realiza o processo

O site oficial do formulário pode recarregar sozinho, não reconhecendo sua atividade durante o preenchimento. Isso faz com que seja necessário que você comece tudo novamente.

Por isso, ao completar uma página, é sempre importante salvar as informações. Dessa forma, mesmo que ele identifique inatividade, seus dados não serão perdidos.

Diferente de boa parte dos erros, esse pode não acontecer em alguns casos. Mas, quando ocorre, atrapalha um processo que já é demorado.

Usar apenas Google Tradutor

Podemos preencher o formulário DS-160 em português, porém, ele está escrito na língua inglesa. Por causa disso, muitos solicitantes usam o Google Tradutor nessa hora.

Embora essa ferramenta tenha melhorado com o tempo (e continua a fazer isso), ela ainda pode apresentar erros de interpretação. Dessa forma, algumas pessoas podem falhar ao responder as perguntas por não entenderem completamente o que elas querem dizer.

Caso você não saiba falar inglês, recomendamos pedir a ajuda de um amigo fluente ou utilizar o nosso guia de preenchimento.

Não revisar o formulário DS-160 ao terminar o preenchimento

Ao fim do procedimento, você terá a chance de conferir e revisar todas as suas respostas. Por ser longo, algumas pessoas pulam essa etapa. Porém, essa última revisão é importante para garantir que seu preenchimento não tem falhas.

Se estiver cansado, faça uma breve pausa ou peça ajuda, mas não recomendamos deixar de revisar o formulário.

Solicitantes que precisarem de ajuda nesse processo ou em outra parte da solicitação do visto americano podem contratar uma agência de consultoria. Fale conosco para aumentar suas chances e diminuir o seu estresse!