Nosso método único de consultoria atingiu 98,4% de aprovações em 2023

Telefone: 0800 888 2888

Coreia do Sul vai lançar visto para amantes da cultura coreana e K-Pop

Rua em Bucheon, na Coreia do Sul, com duas bandeiras do país penduradas e muitas árvores

O governo da Coreia do Sul planeja lançar um visto para amantes da cultura coreana, também chamada de “Cultura-K”. Um dos maiores motivadores para isso é a popularidade do K-Pop no exterior.

O visto Hallyu permite que estrangeiros se inscrevam em academias de artes cênicas no país por até 2 anos. Essas instituições de ensino devem ser credenciadas pelo governo da nação.

Hallyu pode ser traduzido para “onda coreana”. Isso se refere a todos os elementos culturais do país que têm ganhado grande popularidade, não apenas a música. A Cultura-K também tem atraído fãs através de séries, como Round 6, filmes, como Parasita, e alguns doramas (ou K-dramas).

Ainda assim, o K-Pop é com certeza a maior razão para essa onda, principalmente a banda BTS. O grupo já se apresentou no Brasil 4 vezes e bateu o recorde de transmissão de show no cinema, atraindo 1,4 milhão de fãs.

O governo do país ainda não divulgou as especificidades do visto, nem os requisitos para solicitá-lo. Porém, especula-se que mais informações serão reveladas nos próximos meses.

Governo da Coreia do Sul promove cultura local para atrair mais turistas

O Ministério da Cultura, Esportes e Turismo do país entende a popularidade de suas artes. Por isso, planeja utilizar o K-Pop para atrair ainda mais turistas nos próximos anos.

Eventos musicais e outras atrações vão acontecer em Seul, capital da Coreia do Sul, e em diversas regiões da nação.

Além disso, alguns locais vão promover eventos de dança e inaugurar lojas para atrair ainda mais turistas.

Veja também: Preparando-se para sua viagem à Coreia do Sul – visto e dicas

O K-Pop é tão importante para a economia do país que, quando o grupo BTS anunciou uma pausa, especulou-se a perda de bilhões de wons (moeda oficial do país).

Entretanto, os planos do Ministério não se resumem apenas a eventos na Coreia do Sul. Os Estados Unidos, a Suécia e outros países receberão planos de “Turismo K” ainda este ano.

Siga nas redes sociais

Notícias Relacionadas

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos te ajudar?