Nosso método único de consultoria atingiu 98,4% de aprovações em 2023

Telefone: 0800 888 2888

Visto de atleta P-1: Como tirar esse visto americano em 5 passos

Ginasta com visto de atleta P-1 treinando elasticidade.

Jogar em um time dos Estados Unidos ou participar de uma competição no país é o sonho de muitos esportistas. Vemos vários brasileiros fazendo isso conforme o passar do tempo e de suas carreiras.

Marta, a rainha do futebol, joga atualmente para o time norte-americano Orlando Pride, por exemplo. Mas, para realizar esse sonho, você precisa do visto de atleta P-1.

O visto de atleta demonstra seu reconhecimento internacional na área em que trabalha. Muitos esportistas aproveitam a chance de participar de competições e times para, eventualmente, conseguir um green card.

Acompanhe o texto para ver mais sobre o visto americano P-1, como consegui-lo e os outros documentos nesta categoria.

O que é o visto de atleta P-1?

O visto de atleta P-1 é para quem vai aos Estados Unidos individualmente ou como um grupo participar de competições ou apresentações artísticas.

Ele também é usado por artistas, profissionais de entretenimento e por quem realiza serviços essenciais para os indivíduos mencionados.

Porém, os últimos devem provar que não podem ser substituídos por um profissional norte-americano.

Existem muitos tipos de intercâmbios esportivos e artísticos, mas o visto de atleta é apenas para pessoas reconhecidas internacionalmente por seus feitos e habilidades.

Provar que você tem grandes feitos na sua carreira é uma das partes mais importantes para garantir que não terá o visto negado.

Um dos indicativos para isso é a assinatura de um patrocinador, seja para a participação em evento ou em competição. As Olimpíadas, por exemplo, requerem autorizações como o visto de atleta P-1.

Como solicitar o visto de atleta P-1?

É importante saber como solicitar o visto de atleta para garantir um processo fácil e o sucesso do seu pedido.

Obviamente seria ruim se você tivesse o pedido negado e perdesse a oportunidade de ir aos EUA por causa disso, né? Então vamos ver o procedimento explicado em 5 passos:

  1. Ter sua petição aprovada: O primeiro passo é ter uma petição, como o Formulário I-129, pois é o documento usado por um empregador nos Estados Unidos para solicitar a autorização de trabalho temporário de alguém de outro país;
  2. Preencher o formulário DS-160: esse formulário é responsabilidade do solicitante do visto. Nele que você irá colocar muitas de suas informações pessoais e sobre onde vai realizar o processo do visto;
  3. Pagar a taxa do visto de atleta P-1: Antes de poder partir para as próximas etapas, você precisa pagar a taxa de solicitação do documento, que também é um papel importante para mostrar na hora da sua entrevista. O visto de atleta custa $205 dólares;
  4. Agendar a ida ao CASV e ao consulado: No CASV, você vai realizar a etapa de biometria. Enquanto no consulado, será realizada a entrevista comprovando seus motivos para ir aos Estados Unidos;
  5. Realizar a entrevista no consulado: Na entrevista, você vai levar uma série de documentos para comprovar todos seus objetivos nos EUA. Se tiver sucesso nessa parte, você poderá retirar seu visto ou recebê-lo em casa.

Assim que seu processo for considerado um sucesso e você tiver seu visto de atleta P-1 em mãos, já pode viajar.

O oficial de imigração ditará o seu tempo de permanência no país, podendo ser exatamente o tempo necessário para o evento ou um pouco mais. Então isso também dependerá dos seus objetivos profissionais no país.

Quais são os outros tipos de visto de atletas?

Embora a categoria seja normalmente chamada de P-1 ou apenas P, existem mais outros dois vistos de atleta do tipo.

Eles são o P-2 e o P-3, cada um tendo sua própria especificidade. Ainda assim, todos atendem atletas e artistas com objetivos similares aos quais nós já comentamos.

O visto de atleta P-2 é reservado para pessoas que estão realizando um programa de troca recíproca entre organizações dos EUA e de outro país.

O prazo máximo é de 1 ano e você deve estar participando de um programa de intercâmbio reconhecido pelo governo. Ele também é reservado tanto para indivíduos quanto para grupos.

Enquanto isso, o visto P-3 é reservado para quem está indo aos EUA desenvolver, representar, preparar ou ensinar uma apresentação culturalmente única.

Além dos citados, você precisa de documentos comprovando sua importância participando do evento.

Tirar o visto de atleta P-1 parece complicado, mas saiba que você poderá pedir ajuda de quem realizou a petição do seu trabalho.

Além disso, existem muitos serviços disponíveis para você, como a consultoria da Netvistos. Entre em contato conosco para facilitar o seu processo de solicitação do visto e poder mostrar suas habilidades nos EUA da forma que sempre sonhou.

 

Fonte:

https://br.usembassy.gov/pt/visas-pt/vistos-de-nao-imigrantes/

Siga nas redes sociais

Notícias Relacionadas

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos te ajudar?