Nosso método único de consultoria atingiu 98,4% de aprovações em 2023

Telefone: 0800 888 2888

Visto de Trânsito para os EUA: 3 coisas que você precisa saber

Passageiro dentro de avião utilizando o visto de trânsito para os EUA.

Para deixar a passagem mais barata, ou apenas por necessidade, uma viagem poderá ter escalas ou conexões com outros países. Infelizmente, pelo menos se for um brasileiro passando por solos americanos enquanto vai para outro local, você vai precisar de um visto de trânsito para os EUA.

Ou seja, mesmo que esteja fazendo uma viagem para a França ou Itália, por exemplo, se você parar num aeroporto dos Estados Unidos, vai precisar ter um visto de trânsito.

Se já está pensando que vai ser uma dor de cabeça a mais, saiba que não precisa ser. Continue lendo o texto para entender tudo que precisa saber sobre esse tipo de visto e facilitar a sua vida.

O que é o visto de trânsito para os EUA?

O visto de trânsito para os EUA, também chamado de C1, é usado por pessoas que não estão fazendo voos diretos para seus destinos. Ou seja, que fazem escala ou conexão com os Estados Unidos.

É por isso que recebem esse nome, você não tem nenhuma atividade para realizar no país, está apenas transitando entre ele e outro lugar.

O visto de trânsito também pode ser usado por outro grupo de pessoas, os tripulantes de um avião ou embarcação, mas eles têm uma categoria própria de visto também (D).

O visto de trânsito é bem simples, pois não tem propósitos muito complicados ou que envolvam uma série de exceções, como pode acontecer com outros documentos.

Quem precisa de visto de trânsito para os EUA?

Como mencionado, você precisa do visto de trânsito para os EUA se estiver indo para outro país, seja de avião ou barco, e passar pelos Estados Unidos durante o processo.

Desde que seu propósito para estar lá seja apenas esse, não fazer compras ou visitar monumentos em solo americano, o visto C1 é ideal para você. Mas existem situações em que você não vai precisar desse documento.

Se você já tiver um visto de turista válido, não vai precisar de mais nenhum documento. Além disso, você poderá sair do aeroporto e passear pelos Estados Unidos, só não se esqueça de voltar a tempo para o seu próximo voo. Isso é uma grande vantagem que o visto de trânsito não tem.

Se você tiver cidadania de algum país que faça parte do Programa de Isenção de Vistos, como Portugal, você não vai precisar do visto de trânsito.

Graças a esse programa, tirando uma autorização de viagem online chamada ESTA, você pode ficar nos Estados Unidos por até 90 dias. Como vai estar lá durante pouco tempo, não vai ser uma preocupação. 

Bandeira dos EUA hasteada no céu nublado.

Como tirar o visto de trânsito para os EUA?

Se nenhum dos dois casos acima se aplicam a você, chegou a hora de aprender como tirar o visto de trânsito para os EUA. Por sorte, é bem tranquilo e geralmente rápido também. Além disso, o processo é igual ao de obter o visto de turista. Vamos ver o passo a passo:

  • Preencher o formulário DS-160;
  • Pagar a taxa do visto;
  • Agendar sua ida ao CASV e a entrevista;
  • Realizar a entrevista;
  • Receber seu visto.

Mas você vai precisar de outros documentos específicos: a comprovação de estar passando pelos Estados Unidos enquanto viaja a outro país, um comprovante de renda e a prova de que você tem vínculos em outro país estrangeiro, seja família, amigos ou a residência em que ficará durante o resto da sua viagem.

Outra questão é pensar se vale mais a pena ter o visto de trânsito nos EUA ou o de turismo, mas a decisão cabe a você. 

Se quiser tirar essa dúvida ou ainda tiver outras relacionadas a sua viagem, consulte os serviços de consultoria da Netvistos. Vamos embarcar nessa aventura juntos e te ajudar com tudo que precisar!

Siga nas redes sociais

Notícias Relacionadas

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos te ajudar?